Tópicos

» Treinamento 5 min

» Visão Geral
   » Funcionalidades
   » Boas Práticas do Robô
   » Configurações Mínimas
   » Dicas
   » Suporte Multi-Monitor
    Video TV UOL
    Video TV Record
   » Calendário do Mercado

» Top Hedger

» Cotações Internacionais

 Video-Aulas

 Video Promocional TG

» Abrindo pela 1ª vez

» Livro: Supersinais

» Gráficos

» Livro de Ofertas

» Menu Arquivo
   » Servidor DDE (Excel)
   » Barra de Botões Lateral
   » Negociação
       Video Negociação
      » Tela Compacta

» Menu Análise

» Menu Minha Carteira
   » Carteira de Ativos
    Video Carteira 1
    Video Carteira 2
    Video Carteira 3
    Video Carteira Tudo

» Ciborgue (Chart Trading)

» Roteamento de Ordens
   » Corretoras Credenciadas
   » Fazendo o Login
   » Simulador
   » Boleta de Ordens
   » Verificar Ordens & 
       Boleta Rápida

   » Stop Financeiro
   » Joystick
   » Planilha Robô
   » Planilhas Exemplo
   » Robô Gráfico
   » Link RSS Personalizado

» Net do Dia - Unibroker

» Tela OA
   » Importar Layout via ID

» Menu Desenhar
    Video Desenhar 1
    Video Desenhar 2
    Video Des. Tudo

» Menu Estudos
   » Auto Análise
    Video Auto Análise
   » Estudos Personalizados
    Video Est. Person.
   » Integração Externa

» Menu Estratégias
   » MLP: Manipulador de
             Lógicas Puláveis


» Menu Indicadores

» Menu Manutenção

» Menu Ajuda

» Tributação

Ajuda

Pesquisa: Qualquer palavra Frase exata

Código 10, Última Alteração 10/5/2010, 11ª Revisão, Nível Anterior

Carteira de Ativos




A seção Carteira de Ativos do programa é divida em 5 pastas:
  1. Operações Abertas (editável)
  2. Histórico Operações (somente leitura)
  3. Configuração (editável)
  4. Rentabilidade (somente leitura - planilha de acompanhamento e gráfico de vendas)
  5. Simulação de Carteira


 É bom começar a operar esta tela pela pasta Configuração. Se você opera com alguma corretora específica, escreva o nome dela, o valor da corretagem fixa e (se houver) o valor da corretagem % (se não houver é 0). Clique em salvar, os custos das suas operações serão calculados baseados nestes dados.


A sua carteira deve ter começado com uma aplicação inicial em dinheiro. Para lançar esta 1ª aplicação (e demais) selecione no lado direito o Tipo (Aplicação), a Data e o Valor da mesma e clique em inserir. A mesma operação deve ser feita para lançar resgates de sua conta.

 De posse destes primeiros dados vamos entrar com os dados das suas ações na pasta Operações Abertas.
  • Os campos em amarelo são editáveis, e podem ser usados como no Excel, dê um duplo clique, um ENTER ou comece a escrever sobre eles para editá-los.
  • Os campos Data 1, Qtde 1 e Preço 1 são referentes a sua operação inicial com o ativo (seja ela compra ou venda, que deve ser informada na 1ª coluna). O campo Hora 1 é opcional.
  • Os campos Data 2, Qtde 2 e Preço 2 são referentes a sua operação de fechamento de posição. O campo Hora 2 é opcional. Estes campos são preenchidos ON-LINE pelo programa enquanto a Carteira estiver aberta (o programa deve estar ON-LINE) e isto mostra a rentabilidade atual da sua Carteira Aberta durante o pregão.
  • Os campos em branco não são editáveis e são calculados automaticamente pelo programa.
  • O campo de ajuste serve para descontar ou acrescer manualmente os custos calculados pelo programa.
  • Após o preenchimento correto dos campos 1 e 2 o programa pergunta se você deseja fechar a operação, se você clicar em sim a coluna de esquerda fica laranja, indicando que o lançamento será listado no histórico da próxima vez que você abrir a tela. Nota: uma vez no histórico não é mais possível alterar o lançamento, apenas excluí-lo.


Casos específicos:
  • Se você abrir uma operação de compra e na hora de fechar você vendeu só metade da sua posição, ou seja, continuou com uma quantidade em carteira, você deve apenas lançar a Qtde 2 (no caso de venda) no programa e ele lança uma parte da operação no histórico e reabre a operação com o saldo em carteira (já descontando a parte fixa da corretagem já cobrada como ajuste)
  • Se você abriu uma operação de compra e resolveu inverter a operação, ou seja, vendeu tudo o que você tinha comprado e vendeu mais um pouco a descoberto, você também pode lançar a Qtde 2 real, ou seja, maior que a Qtde 1. O programa entende a inversão, lança a operação de compra no histórico e reabre a operação com a venda do saldo (mais uma vez a corretagem já paga é descontada no campo ajuste)


 Para exportar as planilhas tanto de operações abertas como de histórico para o Excel é só clicar no botão "X" verde no topo da tela.

 Para acompanhar a rentabilidade da sua carteira mês a mês em reais (R$) use a pasta Rentabilidade.


O programa faz cálculo de preço médio, para isto basta clicar no botão "Agrupar mesmo papel". É possível selecionar quais operações deseja agrupar.

Caso você tenha algum imposto de renda a pagar neste mês, frutos de operações do mês passado isto também é informado na tela de operações abertas. Note que o limite de isenção de IR de R$ 20mil, assim como as alíquotas de IR e emolumentos, tanto de day-trade como de operações normais já estão cadastradas na tela de Configuração.

O cálculo do IR deve, em tese, ser zero caso o resultado seja negativo, mas como um resultado negativo pode ser abatido de um positivo para fins de IR, separando-se as operações de day-trade das normais, o programa calcula o IR negativo para facilitar as contas desse abatimento quando os dados são exportados pro Excel (assim basta somar os IRs e não os resultados pra depois calcular o IR).

É importante salientar que o IR informado no programa pode não refletir exatamente o que deve ser pago, já que as alíquotas e limites são informados no próprio programa, assim como os custos das corretoras. Porém ele deveser correto se todos os parâmetros estiverem corretos.

Aconselhamos os usuários a exportarem o histórico pro Excel e calcular lá também o IR a pagar nas primeiras operações, comparando-o com o informado pelo programa e só então preencher a DARF, pois se você pagar IR a menos você pode ajustar na declaração do ano que vem, mas se você pagar a mais é provável que nunca mais esse dinheiro volte.

 O Trader Gráfico também possui uma função exclusiva, que sugere a divisão da sua Carteira baseado na Teoria de Carteiras de Markowitz. O nome da função é Simulação de Carteira.
Para fazer a simulação basta digitar as Ações que você deseja colocar em sua carteira, para isso utilize os campos de "Ação 1" até "Ação 10". O campo Precisão pode ser configurado para dar mais refino à simulação, é possível escolher entre 3 valores: 1%, 5% ou 10%. Quanto menor o valor escolhido, maior a precisão da simulação, mas também mais demorada ela será.

O campo Permitir venda a descoberto na simulação fará com que a simulação traga valores negativos aos papéis que ela sugere vender a descoberto. Isto aumenta o tempo de resposta da simulação.

Para ver os resultados basta clicar no botão "Iniciar Simulação". Se a consulta for demorada o programa vai emitir um aviso de confirmação. Atenção, pois simulações com mais de 5 ações podem demorar de alguns minutos até algumas horas.

Uma vez concluída a simulação, são mostrados na tela o risco da carteira e o risco de cada Ação, assim como o peso sugerido daquela ação na carteira. Esta função só funciona ON-LINE e utiliza dados de Correlação, Média e Desvio Padrão diários dos últimos 12 meses, por isso este cálculo deve fornecer valores diferentes e ajustados a cada novo fechamento de pregão. Desta forma, é possível atualizar os pesos da sua carteira de tempos em tempos, onde você define qual o melhor intervalo de tempo a ser utilizado (exemplo, a carteira do índice Bovespa é atualizada a cada 4 meses).